Tag Archives: música

Agrade seus ouvidos…

18 ago

Tá a fim de uma musiquinha gostosa pra agradar seus ouvidos?

Tá aí:

Sweet About Me

Gabriella Cilmi
Ohh watching me, hanging by a string this time.
Do easily, the climax of the perfect lie.
Ohh watching me, hanging by a string this time.
Do easily, smile worth a hundred lies.

If theres lessons to be learned, I’d rather get my
jamming words in first so, tell you something that
I’ve found, that the world is a better place when its
upside down boy.

If theres lessons to be learned, I’d rather get my
jamming words in first so, when your playing with
desire, don’t come running to my place when it burns
like fire boy.

Chorus:

Sweet about me, nothing sweet about me, Yehh
Sweet about me, nothing sweet about me, Yehh
Sweet about me, nothing sweet about me, Yehh
Sweet about me, nothing sweet about me, Yehh

Blue, blue, blue, waves they crash as time goes by, so
hard to catch. Too, too smooth, ain’t all that, why
don’t you ride on my side of the tracks.

If theres lessons to be learned, I’d rather get my
jamming words in first so, tell you something that
I’ve found, that the world is a better place when its
upside down boy.

If theres lessons to be learned, I’d rather get my
jamming words in first so, when your playing with
desire, don’t come running to my place when it burns
like fire boy.

Chorus:
Sweet about me, nothing sweet about me, Yehh
Sweet about me, nothing sweet about me, Yehh
Sweet about me, nothing sweet about me, Yehh
Sweet about me, nothing sweet about me, Yehh

Quem é você?!

2 jun

Adoro, recomendo!

Você – Chicas

Composição: Chicas

Você desfoca, sai do tom
Se perde e não vê
Que a confusão começa dentro de você
Disfarça, acha graça, desmonta e sorri
Não aguenta o peso
dessa máscara que esconde você

Carrega o mundo e não vê que ser
Feliz é viver o presente e deixar fluir
O que sente e não se importar
Com que os outros pensam que você é

Quem é você?

Você que é tão sensata, tão cheia de si
Sempre fazendo festa e se sentindo tão só
Você que sempre agrada e sem perceber
Insiste em seguir um caminho
Que não é você

Carrega o mundo e não vê que ser
Feliz é viver o presente e deixar fluir
O que sente e não se importar
Com que os outros pensam que você é

Quem é você?

Sai do quarto, passa da porta e vai
Deixa o mundo ver…
Sai do quarto, passa da porta e vai
Quem sabe você…

Entrega pro mundo e vê que ser
Feliz é viver o presente e deixar fluir
O que sente e não se importar
Com que os outros pensam que você é

Quem é você?!

Counting Crows – Mr Jones

1 dez

Counting Crows – Mr Jones – eSnips, share anything.

Adoro, amo Mr. Jones, música do Counting Crows. Aliás, eu amo esta banda e todas as suas músicas.

Mas Mr. Jones realmente é especial! Sou fã nº 1… até já cantei esta música com uma banda de um amigo meu,  rs!

Me remete a coisas boas, à alegria, a baladas antigas do tempo de adolescência, rs…. me remete ao início do namoro com meu marido (pois “roubei” o CD dele para mim)  e tantas outras coisas felizes! Mas continua e continuará fazendo parte do meu presente, não só do passado… quando escuto, fico de ÓTIMO HUMOR!!!! Com certeza é uma das músicas da minha vida!

Sabe aquela lista que você tem de músicas que contam um pouco da sua história? Então “Mr. Jones” é uma delas para mim!

Ah, e aproveite pra me contar qual a música ou músicas que contam um pouco da sua vida que você não esquece e ainda hoje ama escutar!

Mr Jones – Counting Crows

Sha la la la la la la….. hmm, uh huh…

I was down at the New Amsterdam
Staring at this yellow-haired girl
Mr. Jones strikes up a conversation
With a black-haired, flamenco dancer
She dances while his father plays, guitar
She’s suddenly beautiful
We all want something beautiful
Man I wish I was beautiful

So come dance this silence down through the mornin’
Sha la la la la la la la yeah.. uh huh, yeah…
Cut up, Maria!
Show me some of that Spanish dancin’
Pass me a bottle, Mr. Jones
Believe in me
Help me believe in anything
‘Cause I, wanna be someone who believes
Yeah…

Mr. Jones and me, tell each other fairy tales
And we stare at the beautiful women
“She’s looking at you. Ah, no, no, she’s looking at me.”
Smiling in the bright lights
Coming through in stereo
When everybody loves you
You can never be lonely

Well, I’m gonna paint my picture
Paint myself in blue and red and black and gray
All of the beautiful colors are very very meaningful
Yeah, well, you know gray is my favorite color
I felt so symbolic yesterday
If I knew Picasso
I would buy myself a gray guitar and play

Mr. Jones and me, look into the future
Yeah, we stare at the beautiful women
“She’s looking at you. I don’t think so. She’s looking at me.”
Standing in the spotlight
I bought myself a gray guitar
When everybody loves me, I will never be lonely

I will never be lonely
Said I’m never gonna be, lonely

I want to be a lion
E-Everybody wants to pass as cats
We all want to be big big stars, yeah
But we got different reasons for that
Believe in me ‘cause I don’t believe in anything
and I, I want to be someone to believe, to believe, to believe, yeah

Mr. Jones and me stumbling through the barrio
Yeah we stare at the beautiful women
“She’s perfect for you, Man, there’s got to be somebody for me.”
I want to be Bob Dylan
Mr. Jones wishes he was someone just a little more funky
When everybody loves you, oh, son, that’s just about as funky as you can be

Mr. Jones and me staring at the video
When I look at the television
I want to see me staring right back at me
We all wanna be big stars
But we don’t know why and we don’t know how
But when everybody loves me
I’m wanna be just about as happy as I could be
Mr. Jones and me, we’re gonna be big stars.

 

Às sextas feiras!

12 nov

Estava olhando alguns blogs amigos e me deparei com o post recentemente colocado no DESCOBRINDO A CIDADE:  http://descobrindoacidade.blogspot.com/2009/11/jazz-na-boemia-vila-madalena.html da Dani Krause e Dani Diniz que fala sobre o MADELEINE.

Lugar agradável na Vila Madalena! Eu já o conhecia e por um motivo mais que especial: meu irmão toca lá às sextas feiras, com sua banda GROOFBOOGALOO.

Além da música que é excelente, e posso dizer que não sou suspeita para falar isso, hehehe,  pois um blog de peso como das Danis, também se refere à música dessa forma, o cardápio é simplesmente maravilhoso!!!!!! (meu marido comeu a polenta mole e eu comi surpresa de franco com curry).

Fechar a semana ouvindo música agradável, num ambiente gostoso, comida boa e na companhia de amigos só pode ser SENSACIONAL!

Um brinde às sextas feiras!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

*****************************************************************************************************

GROOFBOOGALOO: ouça no blog do meu irmão Edu, SOLFEJANDO IDÉIAS: http://edusatta.blogspot.com/ ou acesse http://www.myspace.com/groofboogaloo

MADELEINE no www.baressp.com.br

Rua Aspicuelta, 201 – Vila Madalena – São Paulo – SP
Telefone: (11) 2936-0616
Horário: 19h30 até o último cliente; Shows: de terça a quinta-feira às 21h; sexta e sábado às 22h; domingo às 20h30

Vila Madalena ganha um reforço em sua vocação de bairro boêmio com a abertura do Madeleine. Comandado pelos sócios do grupo Ásia 70, Luiz Segre, Luiz Bessa, Eduardo Ferreira e pelo publicitário e músico André Guilger, o bar traz em sua proposta um cardápio que privilegia o preparo de pratos e petiscos no forno à lenha, bem como uma programação musical selecionada, bastante focada no jazz.

Sobre o cardápio

Leveza e frescor – A gastronomia do Madeleine prioriza receitas leves, delicadas e com muito sabor, preparadas no forno à lenha e criadas pela chef consultora Ana Soares. Quem comanda os fornos é o chef Joel Morais, que por dez anos esteve a cargo da cozinha do restaurante Charlô, nos Jardins.

O menu surpreende ao transformar petiscos de bar em opções mais saudáveis, como o tomate de rama confitado (servido com pão de azeite, burrata e salumeria) e o crôute (filé encapado com patê de foie, champignons e camembert).

As pizzas, chamadas aqui de “pizza-bistrô”, são versões exclusivas do Madeleine para as tradicionais redondas, e vêm servidas em formato oval. Todas as massas possuem diferentes sabores, como massa de vinho-tinto, massa de tinta de lula e massa de pimenta e erva-doce, sendo apresentadas finas, delicadas e aromatizadas, com bordas coloridas e harmonizadas com recheios deliciosamente originais.

Ambiente

Com projeto arquitetônico assinado por Luiz Bessa, a casa antiga de tijolos, instalada numa área tranquila no começo da rua Aspicuelta, foi remodelada mantendo-se o uso de material de demolição. A decoração traz peças como os dois pôsteres originais e autografados do New Orleans Jazz Festival e fotografias tiradas pelos sócios em New Orleans.

Os móveis trazem a assinatura da Artmorfose – a forma da arte. Toda a casa é ambientada com os móveis artesanais e exclusivos da Artmorfose, em perfeita sintonia com o espaço pois são inteiramente confeccionados com materiais de demolição. Inspirado no Brasil colonial e também no design europeu, o mobiliário apresenta uma mistura de madeira nobre, tijolos e ferro antigos, dando às mesas, bancos, banquetas, cadeiras, aparadores e armários,um toque especial.Algumas peças apresentam, ainda, a pintura em policromia barroca. Os móveis estarão à venda aos freqüentadores do Madeleine e também podem ser manufaturados sob medida.

A acústica do bar foi moldada pelo músico Gerson Tatini, responsável pela área técnica no dia a dia das apresentações. Entre a programação fixa destaque para o músico Daniel Daibem às quintas-feiras, conhecido por apresentar um programa na Rádio Eldorado FM, de São Paulo, chamado Sala dos Professores.

Na parte externa, uma praça rebaixada forma o lounge de entrada junto a uma charmosa jabuticabeira. De lá, avista-se o salão principal que possui um grande bar, um mezanino e o palco na frente.

Uma surpresa aparece mais adiante, um aconchegante terraço, estilo “belvedere”, com vista para a Vila Madalena. O charmoso lugar ainda apresenta uma lareira com tijolos para aquecer os clientes que estiverem curtindo a paisagem.

O mais inesperado ainda aguarda os clientes no meio da escada do salão principal. Uma adega foi construída para abrigar os vinhos, que podem ser provados em degustações e no cardápio diário da casa.

 *****************************************************************************************************