Tag Archives: animais de estimação

Evento para adoção de cães e gatos 17/07/2010

16 jul

SÃO PAULO – Cães e gatos esperam ansiosos por um dono na feira de adoção do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) de São Paulo neste sábado, 17. São 260 cachorros e 90 gatos vacinados, esterilizados e tratados contra vermes, pulgas e carrapatos, prontos para levar para casa. Os bichos têm ainda um microchip, que permite a localização dos animais em caso de perda.

Divulgação

Divulgação

Animais têm microchip para evitar perdas

Quem quiser adotar um companheiro de quatro patas deve levar guia para os cães e caixa de transporte para os gatos, além de documentos de CPF, RG e comprovante de residência. A taxa para adoção é de R$ 15,25 e o Registro Geral do Animal (RGA) é emitido na hora.

Para atrair o público para a feira, o CCZ organizou uma festa, a Sercãoneja, com direito a desfile de animais em estilo sertanejo, recreação para crianças e show com as duplas sertanejas David e Maciel e Di Biase e Gabriel. A entrada é gratuita.

A Sercãoneja acontece amanhã, das 10h às 16h, no CCZ, na Rua Santa Eulália, 86, em Santana, zona norte da capital, próximo ao Metrô Carandiru.

Mais informações sobre adoção na cidade de São Paulo estão no site do Programa de Proteção e Bem Estar de Cães e Gatos da Coordenação de Vigilância em Saúde (Covisa), no endereço www.prefeitura.sp.gov.br/probem. Nessa página é possível ainda conferir fotos dos peludos disponíveis para adoção. O telefone do CCZ é (11) 3397-8920.
Fonte: http://www.estadao.com.br/noticias/cidades,sao-paulo-tem-feira-de-adocao-de-caes-e-gatos-neste-sabado,582168,0.htm

Anúncios

Nova moradora

30 out

Preciso contar que lá na casa da minha mãe agora tem mais uma nova moradora!

Êêêêêêêêêêêê!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

É uma calopstia amarela, não sei se já lhe foi dado nome. Mas sei que o Chiquinho (nossa calopsita cinza) adorou a nova companhia, eheheh, tá cheio de dengo e chamego pra cima dela!

A fofucha entrou voando pela janela do apartamento do 2º andar. Como o pessoal sabe que minha mãe tem uma calopsita o porteiro interfonou perguntando pra ela se o Chiquinho estava lá, com o receio dele ter saído sem ser visto. Mas claro que não era ele, em casa não há meios, ainda bem! Mesmo que ele voe, e voa bastante, está seguro!

Aí disseram pra minha mãe que não tinham condições de cuidar dela, e claro que minha mãe disse pra mandar ela pra lá que ela cuidaria.

Feito!

Está lá em casa, um pouco arredia ainda, o que é natural, mas espero que se adapte ao novo lar, como o Chiquinho!

Me diz se eles não são lindos!?

301020091670

A fofucha recém resgatada e Chiquinho todo contente com asinhas abertas!

Agora, gente, por favor, quem tem calopsita e não quiser cortar a asa, tome muito cuidado! Na casa da minha mãe elas ficam soltas, livres e sem asa cortada, mas não saem de jeito nenhum da cozinha e da área de serviço, não há como escaparem ali!

Mas vira e mexe a gente fica sabendo de uma que fugiu, outra que foi perdida. A gente mesmo já resgatou uma outra, antes do Chiquinho e achamos os donos. (eu contei essa história em outro post aqui no blog).

Então, pessoal, cuidado, viu, são pássaros muito fofinhos, mansos, amigos, são como crianças e merecem todo o zêlo!!!!

301020091671

Nova moradora e o Chiquinho que já é seu companheiro fiel, hehehe!

Para mais informações sobre comportamento, características, alimentação…. para quem já tem ou pretende ter uma, acesse:

http://www.portaldascalopsitas.com.br

http://www.clubedascalopsitas.com.br/

Amizade verdadeira!

31 jul

Os animais de estimação são realmente um presente para quem os têm! São puros, companheiros e nos dão toda a alegria e carinho!

Sabem nos surpreender com suas peripécias, atitudes e humores tão singulares…… personalidades que impressionam, nos fazem sorrir mais do que qualquer outra coisa! A gente sabe de pessoas doentes que melhoraram e se curaram depois de ganharem um bichinho, seja ele qual for.

Eu, definitivamente, amo os animais! Na próxima encarnação quero cuidar de bicho, rs… é muito mais legal do que o que eu faço hoje (sou advogada), hehehe!!!!!!!!!

Duro é vê-los partirem, depois de anos e anos lado a lado! A gente nunca esquece aquele amiguinho que viveu ali, tão perto. Eles ficam guardados na memória e no coração! Depois que o sofrimento pela ida passa, a gente começa a sentir falta e adota um novo bichinho!

Por isso, não posso esquecer o Igor, nosso vira lata que viveu 14 anos, foi nosso primeiro cachorro em casa (imagina um lar onde há o pai, a mãe e três crianças!!!). Era um vira lata esperto, inteligente, ágil e bravinho, rs, sabia se impor, rs! Chegou a aprender a abrir as portas (se apoiava nas portas em duas patas e com a pata dianteira, puxava a maçaneta pra baixo),  para ir aonde queria!

Hoje, tenho dois cachorros e uma calopsita e o trio é a maior graça! O Toddy, nosso labrador de 5 anos, o Roque, que foi adotado em maio e o Chiquinho, nossa calopsita, figurinha rara!

Cada um foi adotado de uma forma única: O Toddy veio, após muitas insistências nossas com meu pai para termos outro cachorro e porque minha mãe sentia muita saudade do Igor. Ele concordou, mas que fosse um cachorro já crescido. Pois bem, procuramos em sites, contatos com pessoas, eis que uma moça que trabalhava com a amiga da minha irmã que ia morar nos EUA e não podia levar o cachorro! Bingo! Era um labrador chocolate, com pedigree e tudo, de 1 ano e pouco.  Foi a melhor coisa que aconteceu em nossas vidas!!!!!!!!!!!!!! O Toddy é simplesmente uma figura. Doce, inocente, estabanado, meigo, mimado (porque ninguém resiste ao seu olhar “pidão”) e cativante! Grande, guloso, doido por pão, difícil de levar para passear porque na verdade ele que te leva e não adianta adestrador. Adora buscar uma bolinha e adora sol, água e brincar! Companheiro, quentinho, fofo e gostoso de apertar! É o reizinho da casa, rs! 

Toddy, o melhor amigo, companheiro!

Toddy, o melhor amigo, companheiro!

O tempo passa rápido e já fico preocupada em não tê-lo por perto! Bom…. continuando…..

O Chiquinho veio pra casa, porque resolvemos comprar uma calopsita! Na verdade, nunca pensamos em ter um passarinho… a gente diz…. “passarinho não pode viver em gaiola” e é verdade!

Mas um dia resgatamos uma calopsita que quase morreu atropelada. Minha empregada entra no meu quarto e fala: “Cintia, sua mãe falou pra vc cuidar desse passarinho”. Fiquei com cara de interrogação, com um passarinho lindo na minha frente, dentro de uma caixa de papelão, e dormindo. Todo encolhidinho.

Cuidamos dele com todo o amor, minha mãe chegou com gaiola, comida de passarinho e tudo em casa naquele dia. Depois de uns 4 dias, minha cunhada que é veterinária, tava vendo umas comunidades de calopsita no orkut e se deparou com um anúncio de calopsita perdida no meu bairro. Pronto, achamos o lar dela e descobrimos que se chamava Cléo. Ligamos e deu tudo certo! Devolvemos o bichinho, com a certeza de que a dona cuidaria melhor dele!

Chiquinho, pequenino, falante, amigo!

Chiquinho, pequenino, falante, amigo!

Gaiola vazia em casa? Nãoooo! Nesse meio tempo, por termos achado os donos do Cléo, cogitamos ter outra calopsita e eu e minha mãe no shopping demos de cara com uma loja de animais e quando entramos…. havia 3 calopsitas numa gaiola. Compramos e trouxemos o Chiquinho pra casa. Arredio, medroso, bravo, não gosta que você ouse tocá-lo. Acho que ficou com trauma da loja, daquele povo sem noção pegando nele. É assim até hoje, salvo dias em que ele realmente pede um mimo. Veio com a asa cortada, mas deixamos crescer. Passarinho preso? Não, só vai pra gaiola pra comer e beber água e dormir…  ele fica solto e voa também. Fala ‘chiquinho’ e todas as outras  formas de seu nome que o chamamos: “chiquito”, “chiquitotito”, “chi”, “chicotito” e por aí vai rs.  Meigo, encantador, adora visita, dispara a falar quando ouve gente falando, um fofo. Ter o Chiquinho foi a maior surpresa que tivemos, não sabíamos o quanto ele poderia nos conquistar. E conquistou viu!

Roque! Esse tirou a sorte grande! Por mais que a gente ame cachorro em casa e tudo mais, não dá pra ficar tirando todos que você vê na rua. Minha mãe ama cachorro, mas gosta da casa em ordem. E já tínhamos o Toddy e o Chiquinho. Só que um dia ela viu um cachorrinho correndo feito doido na rua, com coleira, pra lá e pra cá, perto de um parque em Guarulhos. O cãozinho corria desesperado, quase foi atropelado. Parou o carro e o pegou mesmo. Deixou anúncio num veterinário perto dali, deu comida, banho e carinho. Trouxe o pequeno pra casa. Ahahahah! Uma operação para deixá-lo à vontade, mesmo com o Toddy ali. O Toddy? Ciumento, quis assegurar seu espaço! Mas não teve jeito. O Roque veio pra ficar. E é traumatizado porque você não pode falar mais grosso ou gesticular muito que ele se encolhe todo, assustado. Pequeno, veio tão magrinho… olhar triste e perdido. A gente acha que ele foi abandonado.

Graças a Deus o amor tudo cura e faz bem, não só aos homens, como aos animais e plantas! Hoje ele vive super bem, engordou, corre pra caramba, parece o “cofap” vcs lembram dessa propaganda? É alegrinho e espuleta. De vez em quando ainda faz xixi no lugar errado, mas faz parte. Tem a sua caminha, sua roupinha (friorento que só!) e deixou a casa mais divertida!

Roque e seu olhar de "dó"!

Roque e seu olhar de "dó"!

A relação dele e do Toddy é engraçada. Um muito pequeno e o outro muito grande. Mas se respeitam agora, e brincam, rosnam, entre trancos, barrancos, lambidas e disputa por atenção, recebem todo amor, carinho e cuidado que merecem! um vive perto do outro e o Roque sempre deita perto do Toddy porque sente frio, rs!

Amo muito meus três bichinhos! Sinto muitas saudades, porque agora não moro mais com meus pais, mas sempre que posso vou ver todo mundo, e aproveito pra ver meu trio predileto! Esse trio é sem igual!!!!!!!!!!!!!!

E esse post é uma homenagem a eles. Eles merecem!

Aproveito para também alertar as pessoas que querem ter um cão ou qualquer outro bicho. Pensem bem antes para não se arrependerem depois e maltratar o animal que não tem culpa de estar ali.  Foi iniciativa sua! Animal merece respeito, cuidado, então não é um enfeite, um brinquedo. Você gasta dinheiro com eles, tomam seu tempo sim, você precisa despender sua atenção e dedicação!

Se você os quer, faça direito ok?

Acho boa a campanha atual da prefeitura de São Paulo que esté sendo veiculada na televisão.

http://www.capital.sp.gov.br/portalpmsp/homec.jsp (Prefeitura de São Paulo)

http://www.youtube.com/watch?v=gUoyyAfL4QQ (Campanha Abandono)

Agora para quem pensa em adotar um bichinho, mais um incentivo:

http://www.adotaretudodebom.com.br/