Tag Archives: amor

Trabalho voluntário

11 mar

Hoje fiquei com vontade de passar uma mensagem e incentivar uma mudança a cada um de vocês, ou no mínimo, uma reflexão, uma autoavaliação!

Em tempos de tantos valores morais doentes, uns e outros figurando no cenário político e fazendo as leis que VOCÊ E EU deveremos seguir…..  de tanta alienação e ilusão pairando sobre nossas cabeças…… e apesar de todas as circunstâncias adversas de se estar vivo neste mundo…… analise: O que você, tão capaz de criticar e julgar, faz para que este mundo aí que você tanto critica e do qual faz parte, seja um pouquinho melhor no futuro?

Você faz a sua parte? Você faz a diferença?

TRABALHO VOLUNTÁRIO: Ação benéfica da alma! Espontaneidade! Vontade de ser útil! Doar amor! Elevação (enobrecimento) do ser por si mesmo, não pelo outro!

Penso que se todos aqueles que podem hoje….  tivessem em sua consciência o mínimo de compreensão e percepção para olhar o outro, o mundo com certeza seria um lugar bemmmmm mais agradável de se viver.

Não é discurso moralista não….. mas é tão gostoso ajudar, fazer alguma coisa “a mais” na vida, sabe? Ter experiências, conhecer pessoas que realmente sofrem…… ver que você é um PRIVILEGIADO! E por isso, tem até mais obrigação.

Não???!!!!!!

Eu cresci aprendendo que o valor está em fazer algo, desde que seja de coração e não necessariamente algo material, ou seja, se você pensa que não possui condições financeiras de ajudar alguém – uma criança abandonada, uma instituição séria, um asilo com idosos esquecidos pelas famílias – saiba que você pode ajudar de MUITAS outras formas.

O principal não é dinheiro.

A grana ajuda sim, a comprar alimentos, fraldas, escova de dente, fio dental, papel higiênico…. coisas que você provavelmente nem sente falta no seu dia a dia, mas para quem não tem….. isso é um luxo.

Também ajuda a pagar contas, ampliar projetos e a comprar remédios e leitos…. Sim, o dinheiro é importante, deve vir de parcerias, de contrapartidas…… as pessoas devem CONHECER o local onde “investem” por uma sociedade mais justa, mais digna….. e os projetos e instituições devem DEMONSTRAR a seus voluntários e associados o quanto colocam a MÃO NA MASSA para honrar o compromisso assumido.

E não venha me dizer que “são todos corruptos!”……… Há muita gente bacana e séria por aí que leva muito bem o seu trabalho. Procure! Antes de criticar e generalizar, levante e vá atrás que você vai encontrar coisas muito legais em que participar!

Fora o caráter material da dedicação, há toda uma mobilização que deve ser direcionada na sua vida.

Se dedicar naquele período que você determinou a fazer somente isso.

Não precisa levar dinheiro, assinar cheque se não quiser ou não puder……… como falei, há 1000 maneiras de fazer algo bacana!

Que tal passar um dia em um lar assistencial, conhecer um asilo, ou um lar de crianças com HIV? Que tal fazer parte de um grupo que se pinta de palhaço e vai alegrar crianças doentes em hospitais?

Que tal angariar alimentos não perecíveis com seus vizinhos e colegas de trabalho e roupas usadas e meias para distribuirem quando o inverno chegar?

Que tal distribuir lanche ou sopa a moradores de rua?

Há tantas possiblidades, pesquise em sua cidade!!!!  Seja a mudança que você quer ver, já diz o ditado….

Permita-se ser útil.

Saia do “seu acomodado mundo” e faça alguma coisa, qualquer coisa!

Não adianta saber que o problema está lá e nada fazer!  E nem adianta dizer: “pra quê eu vou fazer isso se o Governo rouba nosso dinheiro e não faz nada?” Isso é pensamento atrasado.

Mude o pensamento, mude sua vida, faça algo mais…….. por VOCÊ MESMO…… por sua consciência…… por seus próprios potenciais bons, DESENVOLVA-OS!!!!

É fácil arrumar um tempinho na semana, ou um sábado ou domingo….. que seja somente uma vez por mês…….. não diga que não tem tempo!

FAÇA!!!!!!!!! Permita seu coração dividir, compartilhar, crescer!

Seja um ser humano melhor, use o dom da VIDA em favor daquele menos favorecido…. não porque você é superior – até porque não é, mas porque um dia poderia estar na mesma situação  – ou pior – daquele de quem hoje você somente sente pena. 

Deixe as frivolidades da vida de lado um pouco….. pense em coisas importantes, mas não só o emprego, as contas ou a correria do dia a dia…. Não veja o que lhe falta, até porque pode ser que seja muito pouco….. pode ser que você enxergue o quanto possui…… o quanto é privilegiado!

Se foi merecedor pra isso, passe essa mensagem de confiança aos outros!

Veja sua saúde.

Veja a segurança e o amparo de seus familiares!

Veja os amigos que tem ao seu lado!

Veja sua cama quente e suas roupas! A água que você bebe e o banho que pode tomar! Os alimentos que pode ingerir….

Veja quantas alegrias pode partilhar!!!!!!! Reflita!

Vai lá, compartilhe enfim um pouco do tesouro que você carrega.

Cada um de nós possui belas jóias de amizade, carinho,  amor, luta e a gente pode aprender muito nessa troca!

Um abraço carinhoso!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Relacionados: (essas eu faço parte e/ou já trabalhei em algum projeto)

http://cnes.datasus.gov.br/Exibe_Ficha_Estabelecimento.asp?VCo_Unidade=3518802040069

http://www.pivi.com.br/home.htm

https://www.graacc.org.br/

http://www.caf.org.br/

http://portaldovoluntario.org.br/

http://www.einstein.br/responsabilidade-social/Paginas/Responsabilidade-social.aspx?gclid=CKnumLb1xqcCFcns7QodY2l1DQ

http://www.soudapaz.org/Participe/Default.aspx?gclid=CLnJvs31xqcCFYqW7QodHme5EA

Anúncios

Seja sempre corajoso!

11 mar

“Não tente adivinhar o que as pessoas pensam a seu respeito. Faça a sua parte, se doe sem medo. O que importa mesmo é o que você é. Mesmo que outras pessoas não se importem. Atitudes simples podem melhorar sua vida. Não julgue para não ser julgado… Um covarde é incapaz de demonstrar amor – isso é privilégio dos corajosos.” (Mahatma Gandhi).

Efeitos extraordinários

10 nov

A borboleta simboliza a transformação. Sai do casulo pronta a voar, mas precisou viver ali, se adaptar, esperar e lutar para uma nova vida!

Ultimamente ando escutando que estou diferente no jeito e na atitude. Que estou melhor, que estou mais madura, mais calma com a família, com meus amigos. Mas a questão é que além de ouvir tais considerações, sinto-me realmente mais feliz, mais segura e confiante. É…. é engraçado ver como atitudes positivas geram outras ainda mais positivas. A gente pensa que isso é só uma teoria, mas quando consegue agir na prática, encontra uma imensa paz. E não precisa ser difícil. Com um pouco de esforço e vontade, a gente  já começa a superar e perceber que atitudes sadias geram efeitos extraordinários!

Tão extraordinários como você simplesmente aceitar que casar não é um conto de fadas, mas que é uma vida em comum assumida por pessoas que se amam e que apesar de qualquer desentendimento, estão ali para acertar os ponteiros e ainda renovar o amor!

Tão extraordinários como saber que esse amor que você leva no peito te faz um ser humano melhor e mais sorridente! Mais positivo diante da vida!

Tão extraordinários como você simplesmente aceitar que cada pessoa que você ama te dá aquilo que ela pode e não aquilo que você espera dela. E se sentir bem com isso, sem expectativas, sem frustrações! Pelo menos na maioria das vezes, já que está em pleno desenvolvimento desse processo de libertação, rs rs! (leia-se: aprendendo a não ter tanto apego).

Tão extraordinários como você ter a mais pura gratidão a seus pais, por tudo que eles te deram e por tudo que acrescentaram na formação do que você é hoje!

Tão extraordinários como descobrir que seus irmãos serão sempre seus melhores amigos!

Tão extraordinários como saber que sua família é seu porto seguro e que estarão sempre juntos nessa e em outras vidas! 

Tão extraordinários como simplesmente ser espontãnea no afeto, sem se cobrar, sem ter medo de dizer “não” ou “sim” e sem insegurança ou desconfiança!

Tão extraordinários como conseguir errar, chorar, levantar, se perdoar e seguir em frente!

Tão extraordinários como saber que vai errar de novo, talvez não o mesmo erro, mas que não é o fim do mundo se você não deixar!

Tão extraordinários como ao perceber que está errando naquilo que você jurou não fazer mais, pedir a Deus uma ajudinha e Ele te mandar num instante!

Tão extraordinários como curtir até pegar o trãnsito de São Paulo durante horas parada, mas porque você está no seu carrinho próprio, dirigindo feliz e livre!

Tão extraordinários como pedir desculpas e querer fazer as pazes sem melindres!

Tão extraordinários como ter a oportunidade de trabalhar, estudar e elaborar!

Tão extraordinários como passar uns perrengues no trabalho, mas aceitar as críticas com bom senso e  humildade! E aprender que no ambiente profissional você vive um outro universo. Que você pode ter colegas, você pode até ter amigos, mas não ter amigos lá não significa fracasso. Que apesar de ser um outro universo você não deixa de ser quem você é! 

Tão extraordinários como saber que a lei da atração é poderosa e agradecer por atrair ou repelir certas pessoas e coisas! Não porque você se sente superior, mas porque tem o direito de fazer escolhas!

Tão extraordinários como estar consciente de que o lado ruim vai aparecer de vez em quando, mas que você pode não dar moleza pra ele não! Deixar ele tomar porrada do seu lado bom e ainda se retirar com o rabo entre as pernas! Ah sim, ele até pode ter alguma chance por alguns momentos, mas se depender da vontade consciente, não vence!

Que os efeitos extraordinários de se amar de verdade, ser positivo e acreditar na vida sejam gerados por quem assim deseja! 

Hoje. Agora!

Um gde beijo!

Acima de tudo, questão de fé!

7 ago

Para ler, ouvindo: Oliver Shanti “Shamboo Wokatonka” http://www.youtube.com/watch?v=839mDlOLqRE

A atividade mais importante que executo hoje em minha vida é trabalhar numa associação beneficente e espiritualista denominada Associação Beneficente Santa Joana D’Arc.

Símbolos da umbanda

Símbolos da umbanda

Temos um blog (veja nossa missão e alguns textos relacionados e psicografados) e uma comunidade no orkut:

http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=57507580

http://santajoanadarc.blogspot.com/

É uma entidade sem fins lucrativos que trabalha materialmente em prol de necessitados (moradores de rua, idosos, doentes, crianças…) bem como exerce atividades espiritualistas na linha de cura e de umbanda.

Umbanda? É sim, umbanda!

Muita gente tem preconceito, não pode nem ouvir falar e já torce o nariz, te olha com desconfiança, mas porque acha que sabe o que é a umbanda.  E cá entre nós? Não sabe não! A maioria não sabe mesmo!

Eu cresci numa casa espírita kardecista e eu mesma nunca imaginei que um dia ia trabalhar da forma como hoje trabalho em desenvolvimento mediúnico com manifestação de guias espirituais, embora tenha formado minha fé desde pouca idade, até porque cresci no meio espírita.

Para mim, foi um processo de mudança radical até…  e para todos aqueles frequentadores antigos do centro…. que já existe há mais de 50 anos, mas sendo o mentor espiritual nosso o mesmo de quando eu era criança e a determinação de praticar a umbanda veio dele, nunca duvidei dos propósitos concernentes à mudança em si. E conhecendo a medium que desenvolveu essas atividades e hoje é dirigente espiritual de nossa casa, sei o quanto é verdadeiro, acredito na missão, acredito no bem que fazemos e quanto ao mal, não nos deixamos levar por ele, lembrando que, para que isso aconteça, é necessário cuidado com a moral interior, ética, propósitos de doação real e de caridade. E principalmente, confiar no objetivo da casa e dos guias.

Sou feliz e tenho amor e fé pela minha casa! Estou ali por algo maior, fazer o bem aos outros, mas por mim principalmente porque acabo me encarando de frente muitas vezes, lidando com meu lado mesquinho, egoísta, egocêntrico, vaidoso, ciumento e competitivo. Acredito que posso vencer… faço o que posso, luto com todas as minhas  forças, acredito no melhor que existe em mim, tenho fé em mim (pelo menos tenho construído isso…) e em Deus e nos meus amigos espirituais. Recebo muito amor, proteção e orientação!
E se um dia cair, hei de levantar novamente e continuar. Eu sei que posso errar, quero aprender muito, errarei com certeza, porque faz parte do aprendizado. Mas ser humilde e admitir as falhas, repará-las quando possivel e seguir em frente.

Nada me dá mais alegria e satisfação do que exercer esse trabalho. Nem a minha profissão, nem qualquer outra coisa.

Nosso mestre Jesus que nos deixou um legado.

Nosso mestre Jesus que nos deixou um legado.

Mas a questão que quero mesmo ressaltar é a necessidade de se ter FÉ! Fé na vida, fé em si mesmo, fé em Deus, lembrar-se dos ensinamentos de Jesus, nosso maior mestre! E não importa os meios pelos quais você se utiliza para exercer sua fé, sua religiosidade. Todas as religiões têm seus aspectos relevantes e benéficos. O problema é quando uma quer se sobrepor à outra ou mostrar que é melhor, que é a única que salva.

Sem lavagem cerebral, por favor! O que salva a gente é a gente mesmo! Deus vive dentro de nosso coração, nos deu a vida, nos deu a existência, nos deu uma luz interior… então por que não olhamos mais para dentro? Por que não sermos mais gratos?

Eu também não concordo com umbandistas fanáticos e ritualistas ao extremo. Não importa o ritual! Isso é o de menos. O que importa são os frutos, os efeitos, os resultados! Um certo ritual até faz parte, mas ele ser o mais importante já aí é exagero.

E se você se sente bem indo a uma igreja, ótimo. Se prefere ir a um templo budista, ótimo também. Vá aonde quiser.

No meu caso, aprendi a amar a umbanda de verdade. Aprendi a enxergar sua beleza, sua simplicidade e sua luz. O culto aos orixás é bonito, mas orixá não é um ente personificado, é uma força da natureza vinda de Deus.

O Xangô não brigou com o Ogum por causa da Iansã, gente, isso são lendas oriundas dos cultos africanos e do Candomblé!

Para mim, a verdade, o mais lógico é que:  

Xangô = orixá da justiça divina, força da natureza são as pedras, minerais, o fogo. Atua equilibrando razão e emoção. São muitos espíritos que trabalham nessa força.

Ogum = orixá da lei, aplicador da lei divina, força da natureza é o ar. Atua sobre desequilíbrios emocionais e combatendo o mal. Muitas entidades também atuam nessa força.

Umbanda verdadeira não sacrifica animais! Não faz o mal! Não se sobrepõe às leis de Deus. Não faz trabalho! Entidade não precisa de oferenda. Quem faz isso, está distorcendo as coisas e muitas vezes acha que não está!

As entidades, cientes do trabalho que devem realizar junto de seus médiuns (ou cavalos), são detentoras de sabedoria e com sua luz trabalham em nome de Deus, Jesus e os superiores da Terra. Não fazem milagres, mas sim ajudam, aconselham, manipulam energias, protegem e combatem o mal.

Preto velho não está ainda sofrendo com a escravidão! Preto velho é uma forma de trabalhar na umbanda, pois um espírito aparenta a forma que quiser e que é permitida por Deus.

Caboclo não fica andando de cipó, não vive numa oca. Também é outra forma de trabalho.

As pessoas querem tirar conclusões com aquilo que querem enxergar. Criticam muito, mas se instruem pouquíssimo!

Então, antes de julgar qualquer religião, vá saber do que se trata primeiro. Fale, sabendo o que está falando, tire suas dúvidas, questione, mas construa algo de bom dentro de você e não seja radical, porque nós, seres humanos, sabemos muito pouco ainda! Temos muito o que aprender. Mas já temos ferramentas para despertarmos nossas consciências. Só fica estagnado quem quer!

Visualize o seu tamanho e o mundo em que vive, quantas pessoas nele existem. Visualizou?

Agora veja o mundo em que estamos e o universo, a imensidão da criação. 

Nossa morada - a Via Láctea

Nossa morada - a Via Láctea

Por isso, atente-se para o que realmente tem valor. Quem decide isso é você. Mas descubra o seu caminho! Se procura respostas, vá à luta! Busque o sentido da sua vida.

Indicações de livros e cursos sobre a umbanda e temas espiritualistas:

Tambores de Angola – Robson Pinheiro – Editora Casa dos Espíritos

Aruanda – Robson Pinheiro – Editora Casa dos Espíritos

Missão do Espiritismo – Norberto Peixoto – Ramatís – Editora do Conhecimento

Missão da Umbanda – Norberto Peixoto – Ramatís – Editora do Conhecimento

Jardim dos Orixás – Norberto Peixoto – Ramatis – Editora do Conhecimento

Medicina da Alma – Robson Pinheiro – Editora Casa dos Espíritos

Elucidações do Além – Hercílio Maes – Ramatís – Editora do Conhecimento

Legião – Robson Pinheiro – Editora Casa dos Espíritos

O Guardião da Meia Noite – Rubens Saraceni – Editora Madras

E alguns lugares onde se ministram cursos:

www.cefle.com.br

www.ippb.org.br

www.atman.com.br

A inteligência traz sabedoria!!!!

Com as devidas instruções e conhecimentos, você começa a despertar, a ver o quanto se amar e amar aos outros é importante pois assim você planta suas sementinhas para um amanhã feliz!!!! Mais uma coisa: nem tudo o que se lê na internet sobre umbanda é bom de fato (ao meu ver), por isso, filtre as informações com coerência. Segue o link de um texto explicativo que eu gostei: 

http://povodearuanda.wordpress.com/2006/12/12/as-falanges-de-trabalho-na-umbanda/

 

“O amor é a força mais abstrata, e também a mais potente, que há no mundo”. Mahatma Gandhi

Fonte: http://www.pascoa.org/79-citacoes%E2%80%9C-de-mahatma-gandhi-a-unica-revolucao-possivel-e-dentro-de-nos%E2%80%9D/

“Se existe amor, há também esperança de existirem verdadeiras famílias, verdadeira fraternidade, verdadeira igualdade e verdadeira paz. Se não há mais amor dentro de você, se você continua a ver os outros como inimigos, não importa o conhecimento ou o nível de instrução que você tenha, não importa o progresso material que alcance, só haverá sofrimento e confusão no cômputo final. O homem vai continuar enganando e subjugando outros homens, mas insultar ou maltratar os outros é algo sem propósito. O fundamento de toda prática espiritual é o amor. Que você o pratique bem é meu único pedido”. Dalai Lama

Fonte: http://www.comamor.com.br/mensagens_dalai.asp

Amizade verdadeira!

31 jul

Os animais de estimação são realmente um presente para quem os têm! São puros, companheiros e nos dão toda a alegria e carinho!

Sabem nos surpreender com suas peripécias, atitudes e humores tão singulares…… personalidades que impressionam, nos fazem sorrir mais do que qualquer outra coisa! A gente sabe de pessoas doentes que melhoraram e se curaram depois de ganharem um bichinho, seja ele qual for.

Eu, definitivamente, amo os animais! Na próxima encarnação quero cuidar de bicho, rs… é muito mais legal do que o que eu faço hoje (sou advogada), hehehe!!!!!!!!!

Duro é vê-los partirem, depois de anos e anos lado a lado! A gente nunca esquece aquele amiguinho que viveu ali, tão perto. Eles ficam guardados na memória e no coração! Depois que o sofrimento pela ida passa, a gente começa a sentir falta e adota um novo bichinho!

Por isso, não posso esquecer o Igor, nosso vira lata que viveu 14 anos, foi nosso primeiro cachorro em casa (imagina um lar onde há o pai, a mãe e três crianças!!!). Era um vira lata esperto, inteligente, ágil e bravinho, rs, sabia se impor, rs! Chegou a aprender a abrir as portas (se apoiava nas portas em duas patas e com a pata dianteira, puxava a maçaneta pra baixo),  para ir aonde queria!

Hoje, tenho dois cachorros e uma calopsita e o trio é a maior graça! O Toddy, nosso labrador de 5 anos, o Roque, que foi adotado em maio e o Chiquinho, nossa calopsita, figurinha rara!

Cada um foi adotado de uma forma única: O Toddy veio, após muitas insistências nossas com meu pai para termos outro cachorro e porque minha mãe sentia muita saudade do Igor. Ele concordou, mas que fosse um cachorro já crescido. Pois bem, procuramos em sites, contatos com pessoas, eis que uma moça que trabalhava com a amiga da minha irmã que ia morar nos EUA e não podia levar o cachorro! Bingo! Era um labrador chocolate, com pedigree e tudo, de 1 ano e pouco.  Foi a melhor coisa que aconteceu em nossas vidas!!!!!!!!!!!!!! O Toddy é simplesmente uma figura. Doce, inocente, estabanado, meigo, mimado (porque ninguém resiste ao seu olhar “pidão”) e cativante! Grande, guloso, doido por pão, difícil de levar para passear porque na verdade ele que te leva e não adianta adestrador. Adora buscar uma bolinha e adora sol, água e brincar! Companheiro, quentinho, fofo e gostoso de apertar! É o reizinho da casa, rs! 

Toddy, o melhor amigo, companheiro!

Toddy, o melhor amigo, companheiro!

O tempo passa rápido e já fico preocupada em não tê-lo por perto! Bom…. continuando…..

O Chiquinho veio pra casa, porque resolvemos comprar uma calopsita! Na verdade, nunca pensamos em ter um passarinho… a gente diz…. “passarinho não pode viver em gaiola” e é verdade!

Mas um dia resgatamos uma calopsita que quase morreu atropelada. Minha empregada entra no meu quarto e fala: “Cintia, sua mãe falou pra vc cuidar desse passarinho”. Fiquei com cara de interrogação, com um passarinho lindo na minha frente, dentro de uma caixa de papelão, e dormindo. Todo encolhidinho.

Cuidamos dele com todo o amor, minha mãe chegou com gaiola, comida de passarinho e tudo em casa naquele dia. Depois de uns 4 dias, minha cunhada que é veterinária, tava vendo umas comunidades de calopsita no orkut e se deparou com um anúncio de calopsita perdida no meu bairro. Pronto, achamos o lar dela e descobrimos que se chamava Cléo. Ligamos e deu tudo certo! Devolvemos o bichinho, com a certeza de que a dona cuidaria melhor dele!

Chiquinho, pequenino, falante, amigo!

Chiquinho, pequenino, falante, amigo!

Gaiola vazia em casa? Nãoooo! Nesse meio tempo, por termos achado os donos do Cléo, cogitamos ter outra calopsita e eu e minha mãe no shopping demos de cara com uma loja de animais e quando entramos…. havia 3 calopsitas numa gaiola. Compramos e trouxemos o Chiquinho pra casa. Arredio, medroso, bravo, não gosta que você ouse tocá-lo. Acho que ficou com trauma da loja, daquele povo sem noção pegando nele. É assim até hoje, salvo dias em que ele realmente pede um mimo. Veio com a asa cortada, mas deixamos crescer. Passarinho preso? Não, só vai pra gaiola pra comer e beber água e dormir…  ele fica solto e voa também. Fala ‘chiquinho’ e todas as outras  formas de seu nome que o chamamos: “chiquito”, “chiquitotito”, “chi”, “chicotito” e por aí vai rs.  Meigo, encantador, adora visita, dispara a falar quando ouve gente falando, um fofo. Ter o Chiquinho foi a maior surpresa que tivemos, não sabíamos o quanto ele poderia nos conquistar. E conquistou viu!

Roque! Esse tirou a sorte grande! Por mais que a gente ame cachorro em casa e tudo mais, não dá pra ficar tirando todos que você vê na rua. Minha mãe ama cachorro, mas gosta da casa em ordem. E já tínhamos o Toddy e o Chiquinho. Só que um dia ela viu um cachorrinho correndo feito doido na rua, com coleira, pra lá e pra cá, perto de um parque em Guarulhos. O cãozinho corria desesperado, quase foi atropelado. Parou o carro e o pegou mesmo. Deixou anúncio num veterinário perto dali, deu comida, banho e carinho. Trouxe o pequeno pra casa. Ahahahah! Uma operação para deixá-lo à vontade, mesmo com o Toddy ali. O Toddy? Ciumento, quis assegurar seu espaço! Mas não teve jeito. O Roque veio pra ficar. E é traumatizado porque você não pode falar mais grosso ou gesticular muito que ele se encolhe todo, assustado. Pequeno, veio tão magrinho… olhar triste e perdido. A gente acha que ele foi abandonado.

Graças a Deus o amor tudo cura e faz bem, não só aos homens, como aos animais e plantas! Hoje ele vive super bem, engordou, corre pra caramba, parece o “cofap” vcs lembram dessa propaganda? É alegrinho e espuleta. De vez em quando ainda faz xixi no lugar errado, mas faz parte. Tem a sua caminha, sua roupinha (friorento que só!) e deixou a casa mais divertida!

Roque e seu olhar de "dó"!

Roque e seu olhar de "dó"!

A relação dele e do Toddy é engraçada. Um muito pequeno e o outro muito grande. Mas se respeitam agora, e brincam, rosnam, entre trancos, barrancos, lambidas e disputa por atenção, recebem todo amor, carinho e cuidado que merecem! um vive perto do outro e o Roque sempre deita perto do Toddy porque sente frio, rs!

Amo muito meus três bichinhos! Sinto muitas saudades, porque agora não moro mais com meus pais, mas sempre que posso vou ver todo mundo, e aproveito pra ver meu trio predileto! Esse trio é sem igual!!!!!!!!!!!!!!

E esse post é uma homenagem a eles. Eles merecem!

Aproveito para também alertar as pessoas que querem ter um cão ou qualquer outro bicho. Pensem bem antes para não se arrependerem depois e maltratar o animal que não tem culpa de estar ali.  Foi iniciativa sua! Animal merece respeito, cuidado, então não é um enfeite, um brinquedo. Você gasta dinheiro com eles, tomam seu tempo sim, você precisa despender sua atenção e dedicação!

Se você os quer, faça direito ok?

Acho boa a campanha atual da prefeitura de São Paulo que esté sendo veiculada na televisão.

http://www.capital.sp.gov.br/portalpmsp/homec.jsp (Prefeitura de São Paulo)

http://www.youtube.com/watch?v=gUoyyAfL4QQ (Campanha Abandono)

Agora para quem pensa em adotar um bichinho, mais um incentivo:

http://www.adotaretudodebom.com.br/

Casamento!

15 abr

coracao

Quero contar para vocês hoje alguns pensamentos sobre minha vida, pois com meu casamento se aproximando, crescem as expectativas, não só dos noivos, mas de todos os envolvidos, família, amigos…  e  a gente olha para trás e percebe a trajetória que te fez chegar até aqui. É gente, eu vou casar! Tá chegando…. Estou muito feliz, apesar de sentir vez ou outra, um friozinho na barriga!

O amor…. ah, ele existe mesmo e muito, das duas partes! Segurança, companheirismo, lealdade, afinidade, interesses comuns, respeito e todas aquelas coisas necessárias a um bom relacionamento, inclusive discussões, porque afinal, elas também trazem amadurecimento! A gente fica bravo de vez em quando, extravaza emoções, fala e aprende a ouvir, a ceder, a compreender.

Convivência é algo a ser aprimorado sempre, ninguém é perfeito, mas ela pode ser muito boa… boa o suficiente para você não abrir mão dela!

São 5 anos e meio de namoro! Outro dia, estávamos vendo umas fotos nossas e nos demos conta de quanta coisa já vivemos. A nossa aparência muda, as pessoas vêm e vão, mas nós dois estamos sempre lá, estampados nas fotos, rostos colados, abraçados e sorridentes. Firmes e fortes! E parece que foi ontem, hehehe!

Agora é hora de cuidar da vida de outra forma…. ter minha casa, minhas flores, pagar minhas contas e fazer minhas comidinhas! Sei que isso não é novidade para a maioria das pessoas, mas para mim é tudo novo. Eu curto cada detalhe com a maior alegria. 

E não posso deixar de agradecer àqueles que sempre nos apoiaram, incentivaram e torceram por nós! Muito obrigada!

A gente precisa aprender a valorizar cada simplicidade da vida, a ver o quanto a vida é uma grande aventura e que tudo vem para o nosso melhor, com certeza, tudo tem uma razão. E ter coragem pra encarar mudanças, novos desafios e a fazer escolhas.

O caminho de cada um de nós está aí, para casamentos, mudanças, desafios, trabalhos, lições….  O melhor é que a gente é livre para escolher. Eu torço para que as pessoas achem seu caminho, sua felicidade interior e tenha coragem para assumir o que querem. E que sejam, acima de tudo, felizes verdadeiramente.

Beijo grande!